Como fazer o controle das áreas de lazer no condomínio?

Cuidados Gestão por Janaína Ferreira em 21/01/2022

Voltar ao blog

Gerenciar as áreas comuns de um condomínio não é tarefa fácil. Sempre acontece queixas de perturbação do sossego ou de que não estão em boas condições, ou ainda há conflitos entre vizinhos.

E a pergunta que muitos síndicos se fazem é: o que fazer para evitar esses problemas? Problemas que ocorrem muitas vezes em áreas comuns de lazer, como espaço de festas, churrasqueira, quadra esportiva e piscina.

Por isso, neste artigo, queremos trazer mais informações e dicas sobre este assunto. Acompanhe a seguir!

1. A administração de qualquer condomínio deve sempre respeitar a legislação

É importante que os gestores conheçam e respeitem as leis, convenções e regulamentos vigentes sobre condomínios.

O gestor do condomínio poderá ter base legal para, assim, coordenar as áreas de lazer de forma assertiva e efetiva, sempre com respaldo jurídico, indo totalmente de acordo com as decisões mais apropriadas para o condomínio e nas melhores opções para os condôminos.

2. Sempre deixe as regras claras sobre o uso das áreas comuns

Todos os condomínios devem ter regras, e essas regras devem ser visíveis para todos, mesmo para o pessoal de gestão, que muitas vezes é responsável por aplicá-las. Essas regras, na maioria das vezes, estão presente no regimento interno do condomínio e descrevem tudo o que pode ou não pode nas áreas comuns e de lazer do condomínio.

Vale ressaltar que essas normas devem ser aprovadas em assembleia e estar de acordo com a legislação, código civil e constituição federal, em especial durante a pandemia, por conta de determinações mais rígidas para conter o Coronavírus.

Veja abaixo o que não pode faltar no regulamento interno, especialmente, no capítulo sobre o uso das áreas comuns e de lazer do seu condomínio:

• Elaborar um quadro de planejamento para utilização das áreas comuns, como: churrasqueiras, quadras, espaço gourmet e salão de festas.
• Determinar o período de uso dos espaços;
• Estipular critérios de reservas com antecedência;
• Exigir os cuidados no momento da devolução ou saída dos locais ou ainda pagamento de taxas de serviço;
• Aplicar multas em caso de danos estruturais ou não cumprimento de quaisquer regras de uso;
• Respeitar as regras de distanciamento social e a capacidade máxima de pessoas no ambiente;
• Exigir que o morador responsável pela reserva esteja no local;
• Colocar câmeras de vigilância nas principais áreas de circulação do condomínio;
• Limitar o uso de visitantes para piscinas, entre outros;
• Para parquinhos, brinquedotecas, quadra, determine que crianças até 12 anos estejam acompanhadas de seus responsáveis;
• Produza carteirinhas de acesso para moradores e visitantes a fim de controlar espaços de lazer como a piscina, academias, por exemplo.
• Coloque um colaborador para fazer o controle de acesso da piscina;
• Deixar as regras de uso das áreas de lazer à vista de todos.

3. Gerenciar a limpeza, conservação e manutenção das áreas de lazer

Se deparar com um ambiente que está sujo ou em mau estado é uma das piores sensações que se pode ter. Isso sempre levará a uma reclamação ao síndico.

A maneira de evitar ou, pelo menos, reduzir sua probabilidade de ocorrência é a realização de manutenções periódicas programadas, mesmo que a área comum esteja em boas condições.

Além disso, é necessário contratar excelentes profissionais para a limpeza, comprar produtos adequados, investir em EPIs e conscientizar os moradores para que façam o melhor uso possível desses locais.

4. Tenha um canal de comunicação efetivo

Ter o controle do uso das áreas comuns e lazer é extremamente importante para manter a organização do condomínio. Uma vez que os regulamentos estejam em vigor, mantenha sempre os moradores informados. Para isso, é necessário criar um sistema que seja facilmente acessível a todos.

Alguns condomínios possuem até um livro físico, como uma agenda, para controlar o uso das áreas de lazer. No entanto, esse método requer um tempo significativo para que o síndico verifique e o morador faça a reserva.

Para facilitar a vida em condomínio e fazer o controle das áreas de lazer, recomendamos o uso de aplicativos de condomínio, como o Conviver App!

5. Conheça o Conviver App

O Conviver App é um aplicativo de condomínio multiplataforma que funciona 100% na nuvem. Ou seja, permite que você administre e gerencie o dia a dia do seu condomínio através de um smartphone, tablet ou computador. Tudo isso em tempo real!

O aplicativo te ajudará a coordenar de maneira efetiva as áreas comuns e de lazer do condomínio, além de, claro, dar mais autonomia aos moradores. Com o app, eles poderão agendar o uso de churrasqueiras, salão de festas, etc.

Tenha na palma da sua mão:
• Reserva e agendamento de espaços;
• Relatórios e documentos;
• Recados e comunicados;
• Assembleia Virtual;
• Portaria mais segura;
• Gestão fácil;
• E muito mais!

Ficou interessado? Cadastre-se aqui e agende uma demonstração gratuita do nosso app.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você!
Até o próximo conteúdo! 🙂

Deixe seu comentário

Voltar ao blog