Coronavírus (COVID-19): cuidados no condomínio

Cuidados por Janaína Ferreira em 19/03/2020

Voltar ao blog

A regra para a prevenção do Coronavírus (COVID-19) é ficar em casa. E isso está ligado aos condomínios.

Pensando nisso, neste artigo, falaremos um pouco mais sobre os cuidados dos moradores e medidas de contenção do Coronavírus em condomínios. Acompanhe conosco!

O que é o Coronavírus (COVID-19)?

O novo Coronavírus, chamado de COVID-19, é um vírus causa infecções respiratórias que está alarmando o mundo inteiro desde o seu surgimento na China em 31/12/19.

Transmissão e sintomas do Coronavírus

Segundo o Ministério da Saúde, a transmissão do COVID-19 ocorre pelo ar ou por contato pessoal com secreções contaminadas, como:
● Gotículas de saliva;
● Espirro;
● Tosse;
● Catarro;
● Contato pessoal próximo, como toque ou aperto de mão;
● Contato com objetos ou superfícies contaminadas, seguido de contato com a boca, nariz ou olhos.

Os principais sintomas do Coronavírus (COVID-19) são:
● Febre;
● Tosse;
● Dificuldade para respirar.
Caso apresente os sintomas do COVID-19, ligue para 136.

Como combater o coronavírus no condomínio?

Algumas medidas de contenção podem ser tomadas pelos moradores e pelo síndico. Veja a seguir!

Medidas de contenção do coronavírus para moradores

● Não sair do apartamento se possível;
● Ao tossir ou espirrar, cobrir a boca e o nariz;
● Lavar as mãos com regularidade;
● Evitar grandes aglomerações;
● Não compartilhar objetos de uso pessoal;
● Passar álcool em gel;
● Evitar contato físico: apertos de mãos e abraços;
● Evitar tocar os olhos, nariz e boca sem ter higienizado as mãos;

Medidas de contenção do coronavírus no condomínio

● Suspender assembleias e reuniões presenciais;
● Disponibilizar álcool gel em áreas estratégicas: elevadores, portaria e em áreas onde os moradores passam;
● Fazer cartazes para orientar aos moradores;
● Orientar e dar assistência aos colaboradores do condomínio, isso inclui afastar os idosos ou com doenças crônicas (grupo de risco);
● Fechar os espaços de uso coletivo: piscina, churrasqueiras, academias, quadras esportivas, parquinhos, entre outros;
● Redobrar a atenção à limpeza no condomínio, especialmente em locais que os moradores tocam (maçanetas, botão do elevador, etc);
● Colaboradores devem usar equipamentos de proteção individual;
● Para a limpeza do condomínio é recomendado o uso de alvejantes, álcool ou produtos com hipoclorito de sódio que ajudam na higienização;
● Os banheiros das áreas comuns e de colaboradores devem estar sempre abastecidos com sabão, papéis (higiênico e toalha) e álcool em gel;
● Orientar para evitar elevadores lotados: utilizar o elevador junto somente, com outras pessoas, só se forem moradores da mesma unidade;
● Orientar para os moradores evitarem o grande fluxo de visitantes;
● Avisar aos condôminos se houver algum caso de COVID-19 no condomínio, mas sem relevar sua identidade.

Estamos torcendo para que essa pandemia passe e orientamos que a prevenção é a melhor opção neste momento.

Esperamos que este artigo tenha sido útil para você!
Um grande abraço e até a próxima.

Deixe seu comentário

Voltar ao blog